domingo, 28 de março de 2010

O que é crescimento infantil?


O que é crescimento infantil?
Crescimento é o aumento na estrutura do corpo, tendo em vista a multiplicação e o aumento do tamanho das células, cessando com o alcance da altura individual máxima (crescimento linear). Pensando de um modo mais amplo, ele é um processo dinâmico e contínuo que tem início na concepção e vai até o final da vida, considerando-se os fenômenos de substituição e regeneração de tecidos e órgãos. Constitui um dos melhores indicadores de saúde e reflete as condições de vida de uma criança no passado e no presente.
A realização de um bom pré-natal, o parto e o pós-parto assistidos, a amamentação orientada e a avaliação médica dos primeiros anos de vida são condições fundamentais para um crescimento infantil saudável.
O acompanhamento do peso corporal, da estatura e do perímetro cefálico com o objetivo de saber o quanto uma criança ganhou ou perdeu em determinados intervalos de tempo e tendo por base um acompanhamento a longo prazo através de anotações em gráficos ou curvas de crescimento torna possível observar e avaliar como uma criança está crescendo.

Quais os fatores que influenciam o crescimento saudável?
Todas as pessoas nascem com um potencial genético de crescimento que poderá ou não ser atingido, dependendo das condições de vida a que esteja submetida desde a concepção até a idade adulta.
O crescimento depende de fatores intrínsecos (genéticos) e de fatores extrínsecos (ambientais) como alimentação, saúde, higiene, condições de habitação e saneamento, cuidados gerais com a criança, atenção e carinho que podem atuar acelerando ou retardando este processo.
O período de crescimento intra-uterino é quando se observa a maior velocidade de crescimento. Nesta etapa, o pré-natal pode ajudar a identificar um retardo de crescimento intra-uterino. Pode ser o momento de orientar uma gestante quanto a importância de abster-se de fumar, usar bebidas alcoólicas ou drogas ilícitas e de ter uma alimentação saudável, além de prevenir, identificar e tratar adequadamente doenças que podem se desenvolver durante uma gravidez como diabetes gestacional, aumento da pressão arterial, doenças infecciosas, dentre outras.
O acompanhamento de uma gravidez que ocorra em mulheres abaixo de 19 anos ou acima de 35 anos, de gestações múltiplas e de anomalias congênitas, são fatores que podem interferir no crescimento do feto e devem ser acompanhados de perto.
A qualidade e a quantidade de alimentos fornecidos a uma criança também colabora para o crescimento.Bebês até 6 meses de idade devem se alimentar exclusivamente de leite materno. Após esta idade, precisam ser acrescentados outros tipos de alimentos à dieta.
Manter um calendário de vacinação completo é essencial para evitar doenças preveníveis e colaborar para um crescimento saudável.

Qual a diferença entre crescimento e desenvolvimento?
Enquanto o crescimento é o aumento do tamanho corporal em decorrência do aumento no número e no tamanho das células, o desenvolvimento é a aquisição de novas habilidades ou o aumento da capacidade do indivíduo na realização de funções cada vez mais complexas.
O desenvolvimento é um conceito amplo que refere-se a uma transformação complexa, contínua, dinâmica e progressiva, que inclui, além do crescimento, a maturação, a aprendizagem e os aspectos psíquicos e sociais.

Qual é a melhor forma de acompanhar o crescimento e o desenvolvimento infantis?
Todos os adultos responsáveis pela criação de uma criança devem acompanhar o seu crescimento e desenvolvimento através de consultas periódicas com um pediatra. Este profissional saberá conduzir a avaliação destes processos e indicará a necessidade de trabalho junto a uma equipe multidisciplinar caso seja necessário.
Esta equipe pode ter a participação de enfermeiro, neuropediatra, psicólogo, fisioterapeuta, nutricionista, fonoaudiólogo dentre outros profissionais que ajudem em uma abordagem multiconceitual do crescimento e do desenvolvimento.

Fontes: 
Caderneta de Saúde da Criança
Saúde da Criança - Acompanhamento do Crescimento e Desenvolvimento Infantil (Ministério da Saúde)
The WHO Child Growth Standards
www.abc.med.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ter vindo!