terça-feira, 29 de março de 2011

O futuro...

Oiii Meninas

Ontem caí na besteira de querer fazer um dia somente com líquidos, e quase enfiei o pé na jaca!
Me deu um cinco minutos ao final do dia e foi por um triz, fechei com as calorias da manutenção...
Hoje estou comendo normalmente; até o momento consumi por volta de 700 calorias, e estou preparadíssima para a noite
Tb estou preparando pratos para quando voltar a trabalhar semana que vem. Já preparei dois tipos de sopa e congelei. Tb fiz compras de vegetais congelados e in natura para preparar mais pratos congelados.
Assim na correria do dia a dia terei alguns coringas né.

RA
OK até agora e quero que permaneça assim hehehehehe

AF
Fiz 60 min ontem e hoje vou fazer com certeza!

Hoje estava relembrando a viagem, as crianças se divertindo, foi muito bom!



Meninas achei a reportagem a seguir muito interessante, pois nos mostra a importância de uma alimentação adequada para que tenhamos um envelhecimento saudável.

Preocupe-se com o amanhã
Fonte: www.anutricionista.com

Ter uma alimentação regrada não é somente para ter um belo corpo; o mais importante é ter uma saúde estável e que resista o passar dos anos.
Há pouco tempo o Brasil era considerado um país de jovens, onde os idosos representavam um número pequeno na pirâmide etária populacional. Pouca atenção era dada aos idosos e os problemas ligados ao envelhecimento eram desconsiderados das questões sociais. Com o aumento da longevidade e a redução da taxa de mortalidade nas últimas décadas houve uma mudança no perfil demográfico brasileiro, deixamos de ser um "país de jovens" e o envelhecimento tornou-se uma questão fundamental para as políticas públicas.
Com o aumento da expectativa de vida para 71 anos, cresce o número de idosos. Simultaneamente, ocorreu uma transformação no perfil das doenças, onde as doenças crônicas da velhice ganharam maior expressão na
sociedade. Apesar do processo de envelhecimento e do aumento da expectativa de vida no Brasil, ainda é grande a desinformação sobre a saúde do idoso, as particularidades e desafios deste envelhecimento populacional para a saúde pública. Este aumento de anos de vida precisa ser acompanhado pela
melhoria, manutenção da saúde e da qualidade de vida. Fatos que obrigam o país a dar maior importância na prevenção e no tratamento de doenças crônicas não transmissíveis (DNTs).
O envelhecimento é um processo natural, porém nesse processo, o avanço da idade, submete o corpo humano a inúmeras mudanças anatômicas e funcionais, com repercussão nas condições de saúde e nutrição. Muitas dessas mudanças são progressivas, ocasionado efetivas reduções na capacidade funcional,
desde a sensibilidade para gostos primários até alterações nos processos metabólicos do organismo. A forma que cada um passa por esta fase da vida depende da herança genética e dos fatores ambientais, como: estilo de vida, condições econômicas, cuidados com saúde e alimentação.
Com o objetivo de avaliar o estado nutricional da população brasileira, foi realizada a Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição que revelou, através da antropometria, o estado nutricional dos adultos e idosos brasileiros.
Estima-se uma redução de 36% no grupo de baixo peso/desnutridos, com aumento maior dos números de sobrepeso/obesidade, reduzido o número de eutróficos. Dado verificado tanto no meio rural quanto no urbano. Portanto, a população adulta e idosa do Brasil apresenta alta prevalência de baixo peso e de obesidade.
À medida que os seres humanos envelhecem, as doenças não transmissíveis (DNTs) transformam-se nas principais causas de morbidez, deficiências e mortalidade em todo o mundo. Estas doenças, típicas de terceira idade, têm custos elevados para seus portadores, suas famílias e para o Estado. Á partir dos 45 anos de idade, as DNTs são responsáveis pela maioria das mortes e enfermidades, índice que aumenta com idades superiores a 60 anos.
Fatores como tabagismo, sedentarismo, hábitos alimentares e obesidade aumentam o risco de desenvolvimento de DNTs nas idades mais avançadas.
Em nosso país, doenças cardiovasculares representam um problema para a saúde pública. Desde 1963, as doenças do aparelho circulatório matam mais que as outras causas de morte. Durante os últimos 30 anos, observa-se uma redução razoável no número de mortes por causa de doenças cardiovasculares em países desenvolvidos, enquanto elevações relativamente rápidas têm ocorrido no Brasil. Atualmente nas capitais brasileiras esta doença equivale a 17% dos gastos do SUS, representando 9,5% das internações,
responsáveis por 24% das aposentadorias por invalidez e responsáveis por 27% dos óbitos.
Apesar deste declínio da mortalidade, as doenças cardiovasculares ainda são classificadas como as principais causas de morte no mundo atual. De acordo com as projeções de 2002 da OMS, essas doenças tendem a persistir, agravando ainda mais este quadro. Se não forem tomadas medidas preventivas efetivas, ocasionarão uma verdadeira epidemia de doença aterosclerótica coronariana com consequências desastrosas para a saúde pública.
As principais doenças crônicas que afetam os idosos são as doenças cardiovasculares, como: aterosclerose, dislipidemias, hipertensão arterial e derrame, dentre outras podemos citar: diabetes mellitus, câncer, doenças
pulmonares obstrutivas, artrite, demência e depressão.
Nos países desenvolvidos a hipertensão arterial sistêmica (HAS) é o problema de saúde pública mais comum. Hoje no Brasil a HAS é classificada como um dos principais agravos à saúde. Devido suas decorrentes complicações, como doenças cérebro-vascular, arterial coronariana e vascular de extremidades, além de insuficiência cardíaca e insuficiência renal crônica. A hipertensão eleva o custo médico-social no país.
O Ministério da Saúde estima que 22% da população com idade superior a 20 anos sejam portadores de hipertensão arterial. Esta é responsável por 60% dos casos de infarto agudo do miocárdio, 80% dos casos de acidente cérebro vascular e 40% das aposentadorias precoces, significando para a saúde pública um custo de 475 milhões de reais por ano.
Chamada de assassino silencioso, pois muitas vezes pode ser assintomática por anos, a Hipertensão Arterial (HAS) não diagnosticada pode resultar em um ataque cardíaco fatal ou acidente vascular cerebral. Mesmo sendo uma doença que não apresenta cura, o tratamento e a prevenção reduzem a incidência de hipertensão e suas sequelas. A importância dada às modificações do estilo de vida deu à dieta um papel de destaque na
prevenção primária e no tratamento da HAS. Lipoproteínas como o Colesterol Total, HDL, LDL e Triglicerídeo (TG) compõem o perfil lipídico de um indivíduo. São caracterizadas dislipidemias
as alterações nos níveis plasmáticos dessas lipoproteínas por diversos motivos, ou seja, são alterações no metabolismo dos lipídeos, elevação dos níveis de LDL, redução dos níveis de HDL e o aumento do TG, as quais podem ocorrer de forma isolada ou combinada. O HDL em altas concentrações exerce
função protetora.
As principais implicações patológicas das dislipidemias são a aterosclerose e a doença arterial coronariana (DAC), a qual constitui, atualmente, uma das principais causas de morte nos países desenvolvidos. Estudos demonstram que a hipercolesterolemia é um dos principais fatores de risco para a DAC, uma vez que, aproximadamente, 96% do material lipídico do ateroma correspondem ao colesterol.
A aterosclerose é uma doença lenta e progressiva, caracterizada por uma resposta inflamatória e proliferativa às lesões da parede arterial. Sua prevenção passa pela identificação e controle, não só das dislipidemias,
mas do conjunto dos fatores de risco que influenciam sua progressão, como idade, sexo, hereditariedade, tabagismo, DM, atividade física, alimentação, obesidade, HAS, dentre outros. A doença aterosclerótica é considerada hoje a principal causa de mortalidade no Brasil. Além de ser altamente prevalente, possui um perfil evolutivo silencioso e, quando se manifesta, pode ser fatal. A doença cardiovascular consequente da complicação da aterosclerose, é, hoje, a causa mais importante de morbidade e mortalidade entre idosos.
É desejável e necessária, em todas as etapas da vida, uma adoção de bons hábitos alimentares. Os maus hábitos alimentares podem comprometer o envelhecimento saudável. Uma dieta equilibrada em termos quantitativos e qualitativos oferece ao organismo à energia e os nutrientes necessários para o bom desempenho de suas funções e para a manutenção da saúde do indivíduo. Os alimentos são compostos por diversos nutrientes que exercem uma determinada função no organismo humano, sendo estes, indispensáveis à saúde.
Uma mudança de comportamento e uma maior preocupação com a alimentação vêm refletindo no aumento da expectativa de vida, através de medidas preventivas que reduzem os ricos de diversas doenças degenerativas, dando importância à relação nutrição-sáude-doença.



Ah..., quase ia me esquecendo, sexta é a última pesagem para o Desafio Primeiro de Abril uhuhuhuhuh quem será a ganhadora?????


 bj bj bj

24 comentários:

  1. Nossa linda ótimo post, com certeza tava mais do que na hora dos governantes olharem para os idosos em especial e começar a se preocupar com eles, pois , com certeza eles já fizeram muito pelo nossp Brasil e com respeito a se preocupar com a alimentação pensando num presente e num futuro saudável acho que é nosso melhor investimento, eu tô nessa!!!
    bjinhusss e tenha uma linda semana

    ResponderExcluir
  2. oi lindona
    adorei a reportagem, superimportante mesmo pra td mundo ler... as fotos tão lindosss teus filhotes meninaa
    ai menina to ansiosa pelo resultado final do desafio kkkkk espero q tenha chegado em minha meta :D

    ResponderExcluir
  3. Gotei da matéria hein Cacau..muito boa meeesmo!!

    E seus filhotes q fofos!!

    Parabéns por estar fazendo tudo certinho ;D
    coisa boa hein

    bjinhus

    ResponderExcluir
  4. Que coisa linda seus bebes, benza-te Deus!
    gostei da materia tb, interessante!!!

    beijos querida.

    ResponderExcluir
  5. Oi Cacau! Ótima a reportagem e parabéns por colocar em ordem e planejar suas refeiçõesss. QUero ser q nem vccc!!! Amei as fotos..principalmente a últimaaaaa!!! grande bjim

    ResponderExcluir
  6. Oie amiga,

    Gostei da reportagem!!

    E amiga que fofura o seu caçula, achei um amor,mais a carinha dele na foto....vou morder....

    beijos e uma ótima terça

    ResponderExcluir
  7. oi,
    bela reportagem Cacau,
    e que linda foto dos seus pimpolhos, tenho certeza que estão amando as suas férias, beijos.

    ResponderExcluir
  8. Amei a reportagem eas dicas!

    Seus pimpolhos são maravilhosos, lindos!

    Bjos

    ResponderExcluir
  9. oi cacau!
    parabens pelos filhos lindos e super espertos,devem ter curtido mesmo as ferias,e vc fez dieta liquida ontem...aff nao aguentaria,mas bem q estava precisando!rs
    bjos e otima semana!!

    ResponderExcluir
  10. Oie meu blog deu um problema,tive que mudar a url do blog http://vanessallgc.blogspot.com, siga me novamente,beijos

    ResponderExcluir
  11. Lindos seus pimpolhos!! Nunca fiz uma deita liquida ou desintoxicante, mas preciso!

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Que matéria maravilhosa!!!!
    Seus filhos saõ muito fofos!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Amiga, parabéns pelo auto-controle, msm num momento delicado, vc demonstrou ser uma vitóriosa.
    Na verdade essa dietas malucas só nos trazem problemas... agora fazendo td direitinho vai sair como vc planeja...

    força :)

    ResponderExcluir
  14. Ter controle sobre si mesma é muito dificil e vc conseguiu, eh isso aih, esse eh o segredo!! Mas cuidado, nao va ser tao rigida!! bjkss

    ResponderExcluir
  15. Bom dia amiga, seus filhos são lindos, e o menor então é um fofucho dá vontade morder, Ca ve se pode? sonhei com vc essa noite, nem te conheço pessoalmente e até sonhei com vc, sonhei que vc era minha professora na faculdade, só que vc não ensinava nada, só queria saber de por todo mundo na Ra kkkkkkkkkkkkkkk acordei dando risadas, e falei preciso contar pra ela, rsrs beijos amiga tavendo esta presente até nops sonhos.

    ResponderExcluir
  16. Adorei a reportagem.
    Férias é sempre bom e renova, não?
    Parabéns pelos lindos filhos!
    beijos e boa quarta

    ResponderExcluir
  17. Oi, muito boa a reportagem!
    Se organizar na RA é tudo né? Se eu não me organizo , não preparo lanchinhos lights, não os carrego comigo, não deixo a minha comidinha pronta com antecedência, tudo isso me faz comer coisas erradas. Eu acabo enfiando o pé na primeira jaca pronta que me aparecer. Hj por exemplo fiz isso. Mas, foi bom passar aqui e perceber os meus erros. Obrigada!
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Oi Cacau!

    vim retribuir sua visita e conhecer mais sobre vc, uma motivação para minha RA, foi o que eu encontrei!
    Esse ano , vai ser o meu ano!
    Parabéns pelas escolhas certas!
    E excelente materia.
    Otima quarta!
    bjux e shalom sempre!

    ResponderExcluir
  19. lindas as crianças cacau...
    parabéns!!!

    ResponderExcluir
  20. Lindas crianças ........ parabéns

    Vc só come 700 calorias é isso ..........

    Beijus Paty

    ResponderExcluir
  21. Oi, Cacau
    a barrinha integral da Taeg com recheio de banana tem 108 kcal, ainda não comi, estou guardando para a hora incontrolável do doce, beijos.

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo!